02 dezembro, 2008

Frankincense, Mirra e Ouro

Frankincence - honrou Jesus como verdadeiro Filho de Deus, ou seja, Divino.

Mirra - honrou Jesus como Filho de Deus encarnado, como Ser Humano.

Ouro - honrou Jesus com Rei, aquele que veio para salvar a humanidade, com sua Sabedoria Divina, a qual foi extrememante bem expressa através de sua forma de ser humano.

                                   Frankincense - Boswelia Carteri

Nome botânico: Boswellia carteri.
Sinônimo: incenso, Olibano.
Família botânica: Burceraceae.




Características da planta: pequena e elegante árvore, também chamada de arbusto - suas folhas serrilhadas se alongam alternadamente em direção ao topo dos galhos; produz pequenas flores, nas cores brancas ou rosa.

É altamente valiosa em Israel, por suas resinas, que são freqüentemente queimadas em cerimônias religiosas.













As resinas são coletadas através de pequenos cortes feitos na casca do tronco da arvore, repetidos a cada três meses, na estação das secas. Através destes cortes, exuda-se um líquido leitoso, que quando exposto e em contato com o calor escaldante do deserto, endurece, formando a resina; sua cor tanto pode ser amarelada, ou bem clara, freqüentemente em forma de lágrimas.
Também se aproveitam as resinas que caem no solo, mas estas são consideradas de qualidade inferior.


Uso tradicional: tem sido usado por muitas culturas antigas como o Egito, Suméria, (geralmente considerada a civilização mais antiga da humanidade, localizava-se na parte sul da Mesopotâmia (o Iraque da atualidade), Assíria, Babilônia (atual Iraque), Pérsia (atual Iran), Palestina, Grécia e Roma, usos que incluem propósitos ritualísticos, cosméticos, perfumaria e medicina.





Os egípcios o usavam para fins rejuvenescedores em forma de máscaras, cosméticos e perfumes; também foi muito usado para embalsamar seus mortos.
Era usado para tratar todas as doenças concebíveis, conhecidas pelo homem; o Frankincense era mais valioso do que ouro, nos tempos passados e somente quem possuía muitas posses e era próspero possuía a resina do Frankincense.
Foi muito valioso para tratar infecções respiratórias. Ainda hoje, é considerado um óleo sagrado para unção, no Oriente Médio; nos tempos de Cristo, este foi um dos óleos mais usados para unção e por seus poderes curativos.

Propriedades: analgésico, antiinflamatório, bactericida, anti-séptico, cicatrizante e vulneraria valioso imunoestimulante, mucolitico e expectorante; carminativo (previne e alivia flatulência), diurético, emenagogo (promove e regula menstruação), antiespasmodico, tônico, calmante e sedativo; preservativo, preserva a Força Vital.
Usos e indicações: considerado excelente para problemas de pele, como feridas abertas e gangrenadas, furunculoses, escaras, úlceras varicosa e outros tipos de infecção cutânea.
É também muito conhecido por suas propriedades de prevenção do envelhecimento precoce e rugas.
Aprofunda e acalma a respiração; indicado para tratar asma, bronquite, enfisema pulmonar e outras infecções respiratórias inclusive pneumonia; também recomendado para aliviar e ajudar no processo de cura de laringite, gripes e resfriados; atua no sistema imunológico fortalecendo o corpo para combater as bactérias e vírus.
Trata cistite e leucorreia; oferece alivio para digestão lenta e estômago nervoso.
Muito usado em casos de insônia, ansiedade, paranóia, obsessão, irritabilidade, tem extraordinário efeito em pessoas que tem sofrido de depressão crônica.
É freqüentemente usado para minimizar a tristeza, dor e desgosto.

Influência do aroma: colabora no processo de rompimento com elos indesejados e prejudiciais, recentes ou do passado.
Eleva a consciência espiritual e promove estado meditativo; fortalece e revigora o espírito cansado.
Proporciona grande suporte, quando se está em fase de transição; traz uma melhor compreensão sobre as conseqüências geradas por falta de clareza, nas atitudes tomadas no dia a dia, que precisam ser mais objetivas e direcionadas, para se atingir um nível de vida mais saudável e equilibrado.



Gabriel Mojay, diz sobre o Frankincense:

“Assim como a Camomila, o Frankincense também era usado em adoração ao deus solar Rá, um símbolo primordial para Utchat, ou Olho Sagrado.
Aquele que tudo vê”.


                                      
                                         Mirra - Comiphora Myrrha



Nome botânico – Comiphora myrrha var. molmol.
Sinônimos: Balsamodendrom myrrha, gum myrrh, mirra comum, hirabol mirrh; antigo nome em latim – Smyrna; o nome derivado do árabe é murr, significando “amargo”.
Família botânica: Burseraceae.

Características da planta: árvore em forma de arbusto; pode crescer entre três a dez metros de altura; troncos grossos, contendo numerosos nódulos irregulares; seus galhos são corpulentos, sólidos e bem agrupados, espalham-se num ângulo bem direcionado e suas terminações são em forma de espinhos bem afiados; poucas folhas de porte bem pequeno, trifoliadas, que nascem nas pontas finais dos galhos; suas flores são brancas rosadas. Produz uma resina natural, que escorre naturalmente de suas cascas, quando a arvore é ferida, com o propósito de cura do ferimento.Características energéticas: quente e seco; purifica o sangue.
Na China, a Mirra é usada para corrigir saúde deficitária, como sedativo, para curar feridas e úlceras, principalmente as que teimam em não cicatrizar. Os chineses acreditam que a Mirra entra no corpo através do canal do fígado, revigorando o sangue, que irá circular mais rapidamente por todas as partes do corpo, facilitando o metabolismo.
De acordo com a medicina chinesa, manter o sangue circulando adequadamente é a principal fonte para uma boa saúde. Sendo o sangue a essência do corpo, carrega nutrientes para as células, que vão irrigar e nutrir os órgãos do corpo. Em adição, o sangue retira todos os detritos e toxinas que precisam ser eliminadas.
A Mirra ajuda na limpeza de coágulos do sangue, devido a processos cirúrgicos (lipoaspiração e outras), hematomas causados por quedas, acidentes ou regiões do corpo que sofreram espancamento. Tonifica o aspecto yang enfraquecido, que pode estar sendo fonte geradora de dano físico, moral, emocional, mental e espiritual.
Uso tradicional: uma das mais preciosas medicinas e também um incenso, a Mirra tem sido usada desde tempos muito antigos, por mais de quatro mil anos, pelos egípcios, palestinos, gregos, persas, romanos e indianos, como remédio, para rituais religiosos e para facilitar a comunicação com deidades superiores; também utilizada para desinfetar áreas abertas e residências, mumificação, perfumaria e preparação de ungüentos, para tratar todo e qualquer tipo de ferimento.
Em adição, a Mirra também foi muito reverenciada como substância usada em funerais, queimada como incenso, para honrar os mortos. O povo hebreu tomava a Mirra misturada com o vinho, bebida que consideravam elevar suas consciências e os colocar em contato com o divino, em seus rituais e cerimônias religiosas.
Existem relatos de que a Mirra era bastante usada para curar câncer, lepra e a sífilis, nos tempos passados, com muita eficácia.
A história da Mirra está intimamente ligada á do Olibano. As duas substâncias incluíam-se entre as preciosas drogas reservadas para fumigação, embalsamento, unções e práticas litúrgicas. Os papiros egípcios, os Vedas a Bíblia e o Alcorão, todos mencionam os inúmeros usos da Mirra em cerimônias, perfumaria e medicina. A Mirra faz parte da fórmula de vários ungüentos, elixires e outros antídotos de uso múltiplo. Era indicada para inflamações, gangrenas, lesões infectadas e ulceras; gravidez e parto.
Jesus foi presenteado com a Mirra em seu nascimento; também lhe foi oferecida pelos soldados romanos, no evento de sua crucificação e seu corpo foi untado com Mirra, na ocorrência de sua morte.

Propriedades terapêuticas : vulnerário (cura e cicatriza feridas e contusões), cicatrizante, balsâmico, antimicrobial, anti-séptico, antiinflamatório, vermífugo, analgésico, carminativo, fungicida, purificador do sangue, tônico da membrana mucosa dos músculos uterino e de todo o sistema; expectorante e emenagogo; equilibrador da glândula da tireóide (atua diminuindo sua hiperfunção).

Usos e indicações: excelente para tratar condições cutâneas como ferimentos abertos com pus e sinais de gangrena, úlceras varicosas, infecções fúngicas, eczemas e úlcera crônica de pele. Também tem muito boa ação no tratamento de pele seca, craquelada, rachada ou inflamada: pele que sofre de envelhecimento precoce; também indicado para suavizar estrias. Minimiza rugas ao redor da boca e dos olhos.
É um dos óleos mais indicados para tratar condições desfavoráveis da boca, como afta, herpes, úlcera bucal, gengivites, piorréia (processo inflamatório do periósteo dentário, seguido de necrose e frouxidão dos dentes - freqüentemente ocorre o acúmulo de pus); periodontite, inflamação da gengiva com migração dos dentes; enfraquecimento da raiz dos dentes ou desgaste precoce, com risco de perda (o que pode estar sendo provocado pelo excesso da produção de tártaro); inflamações repetitivas na boca, gengiva e garganta.
Indicado para tratar condições infecciosas (bactericidas e viróticas) relacionadas à boca, gengiva e garganta; atua na mucosa, fortalecendo e reparando o tecido, combatendo os germes causadores das disfunções. Trata a faringite crônica causadora da formação constante de aftas; freqüentes dores de garganta, recorrência de rouquidão e perda de voz.
Útil para tratar disbiose intestinal, indigestão (fermentação gástrica e intestina), flatulência, perda do apetite, indicado para remover congestão; tratar sofredores de gastrite, diarréia e dispepsia crônica, frequentemente acompanhada de dores abdominais e muitos ruídos no estômago (roncos na barriga); bronquite crônica e asma.
O sistema geniturinário se beneficia muito com as propriedades terapêuticas da Mirra, especialmente para os sofredores de gonorréia crônica, leucorreia, vaginites; excelente para tratar herpes vaginal e incontinência urinária. Indicado para tratar e diminuir a superestimulação ou o descontrole da libido sexual (excessiva necessidade de sexo) e inflamações pélvicas com pus e muitas dores.
É um dos óleos mais indicados para tratar condições crônicas e tecidos traumatizados por sofrimento freqüente, infecções nos pulmões (elimina muco e catarro velho), intestinos e área geniturinária. Elimina traumas e promove a cura dos tecidos e da membrana mucosa da região afetada por sofrimentos repetitivos.

Influência do aroma: promove calma para a mente, elimina a confusão, revela o caminho a ser seguido quando há falta de rumo e confusão, ao eliminar a preocupação excessiva gerada por mente muito agitada, que tende a se distrair facilmente com as preocupações da vida cotidiana - medo é a emoção mais evidente nos indivíduos que necessitam da Mirra; a falta de confiança e de vigor para concluir tarefas já iniciadas são características evidentes.
Esta condição emocional pode prejudicar e desequilibrar a capacidade de se permanecer bem, centrado no momento presente. A Mirra proporciona paz, calma e estabilidade para a mente, proporcionando boas condições para a pratica da meditação, segundo Marcel Lavabre:
a Mirra tem acentuada ação calmante, confortante, fortificante e inspiradora na alma e no espírito, ao curar nossas mais profundas feridas ela nos inspira para a meditação.Como óleo, que também é usado nos funerais, tem muita utilidade para aliviar a dor o sofrimento, a angústia e o desespero, condições causadas pelo medo excessivo da morte ou da perda de entes queridos.
Por sua ação vulneraria natural, é um óleo indicado para ajudar a minimizar o perfil vulnerável daquele que se magoa, ofende-se e torna-se facilmente melindrado. Trata-se de um perfil geralmente fraco, desprovido de estamina, mostra uma debilidade emocional e mental, sem força e sem vigor.
São muito suscetíveis, chocam-se ou se ofendem facilmente, mas quase sempre suportam tudo com estoicismo, ou seja, com resignação diante do sofrimento, da adversidade e ou do infortúnio.
Freqüentemente são desprovidos de força suficiente para expressar-se no momento em que a situação ocorre - são os indivíduos amaneirados ou de atitudes afetadas; quando chegam ao limite, onde o estoque de sentimentos nocivos não pode mais ser sustentado, só precisam de um pequeno motivo para deixar tudo que vem guardando como substâncias negativas em seu interior, venham à tona em forma de uma forte explosão.
Em descarga de fúria, as palavras não serão medidas - tudo que vem se alimentando em ofensas, ressentimentos, mágoas e outras emoções introduzidas em seu interior, emergirão causando muito desconforto para os envolvidos, qualquer pessoa, tanto um membro da família como um amigo ou outros (neste momento, muitas boas amizades e relacionamentos podem sofrer uma ruptura – o ambiente nunca mais será o mesmo).
A Mirra traz consciência de que esta não é uma maneira adequada de se lidar com a pressão do dia-a-dia - as conseqüências serão muito devastadoras para a pessoa.
Este perfil se apresenta muitas vezes de forma muito polida, aparentemente calmo e até bem delicado - alguns aparentam terem sidos feitos de cristal; com muita freqüência, mostram doçura em suas atitudes para com os que os rodeiam, mas nem sempre a impressão corresponde à realidade - o medo, mais uma vez, os impede de serem autênticos e honestos nos sentimentos, de forma saudável, equilibrada, com firmeza em suas ações e palavras (é através da palavra que se reconhece confiança, honestidade, objetividade e direcionamento).
Este perfil irá - através do uso da Mirra - desenvolver uma capa de proteção que permitirão trânsito pela vida, com confiança, vigor e sensibilidade verdadeira, adquirindo mais sinceridade para consigo mesmo e com o mundo que o cerca, visto estarmos inseridos neste mundo juntamente com todos os outros seres vivos.
Aprender como gerenciar a vida no plano material, sem sofrer ou causar danos aos seus semelhantes, ajustar-se adequadamente as circunstancias e aos ambientes por onde se circula, são condições ideais a serem alcançado por todos - assim ensinou o maior Mestre de todos, Jesus.

Boswellia carterii - FrankincenseSímbolo de fluência e leveza espiritual, conexão com forças superiores, de forma prazerosa e sincera. Promove o incorporar do espírito na matéria.


Comiphora myrrha - Mirra
Simboliza o homem ancorado, realizador, construtor e preservador de valores morais, espirituais, sociais e tudo que traga nobreza para o Ser Humano.

                                                http://www.novafloressencia.com.br/
                                                  contato@novafloressencia.com.br
                                                   Fone - 19-3231-1394

Textos: Vera O'Neill
Imagem: A Harmony of the Angels - Angela MCgerr
Imagem: Web

5 comentários:

Creusa disse...

Este é o presente mais lindo que recebi. Obrigada por você compartilhar conosco tudo isto.
Um beijo com o meu coração cheio de alegria.

Vera e Desmond disse...

Creusa, minha preciosa, que lindas as suas palavras. Sou sua admiradora, tenho acompanhado sua evolução pessoal, e posso lhe dizer com toda certeza de meu coração, vc é uma pérola de Ser Humano. Todo meu amor e afeto estão contigo, sempre. Obrigada pelo insentivo e apoio.

Saber da Terra Incensos Nativos disse...

Aloha muito bonito o blog parabens
Eugenio carlos

Sergio disse...

meu nome é Sergio

Suas palavras estenderam amor e harmonia,
continue seu caminho desprendido pelo seu planeta.

\mirra

marcela disse...

parabens pela materia, suas palavras me emocionam.
gostaria de ver algo sobre o alecrim
Marcela Fontes
fontes1952@hotmail.com