02 agosto, 2011

Aromaterapia - Adulteração do Óleo Essencial da Verdadeira Lavanda.



Lavender True, Lavanda Verdadeira, Lavanda Inglesa 
Lavandula angustifolia, oficinalis ou vera. var. Maillette
Uma tonelada da Lavanda verdadeira  pode produzir  até 5 kilos de  óleo essencial



Lavandin - Lavandula hibrida - principais  variedades  grosso, abrial, super e sumian
Uma tonelada de Lavandin   pode  produzir  até 25 kilos do óleo essencial


Dezesete mil  hectares do solo da Provence são útilizados para a produção de  Lavandas e Lavandins    sendo que,  quatorze mil  hectares são utilizado  para a produção do Lavandin.




Apenas  três mil  hectares são  utilizados  para a produção da verdadeira Lavanda.

A lavanda é um dos óleo mais adulterado que existe, atualmente, o que mais se encontra no mercado, sendo vendido como a Verdadeira Lavanda é o óleo de Lavandin, um híbrido da Lavandula Angustifolia e a Lavandula Latifólia,  este híbrido é também produzido é destilado na China, Rússia e Tasmânia. É então trazido para a França, onde passa pelo processo de adulteração, para que seja vendido no mercado, principalmente da América do norte e do sul como sendo verdadeiro óleo essencial de Lavanda. 


O processo de adulteração ocorre através da adição do componente químico “sintético” chamado Linalyl acetate com a intenção de aprimorar a fragrância do produto, ou seja, do Lavandin, uma vez que este componente químico confere o aroma para ao verdadeiro óleo essencial de Lavanda em sua forma original. O óleo barato do Lavandin, antes de sofrer esta grosseira adulteração, ele ainda passa por um processo de aquecimento de alta temperatura, para garantir que, um de seus principais componente químico seja evaporado, a Cânfora, componente este que não está presente no verdadeiro óleo essencial de Lavanda, e causa irritação na pele quando usado puro. 



 Após tudo isto feito vem a fase final de adulteração do mais precioso produto da aromaterapia, a adição da substância química, que na verdade é um solvente petroquímico - Dipropyline glycol e diethylphthlate substâncias que não contêm aroma e não deixa nenhum sinal de que se faz presente no produto.

Acredita-se que toneladas do óleo de Lavanda oferecidas no mercado da aromaterapia sejam o híbrido Lavandin, um produto adulterado pelo processo o qual foi aqui esclarecido.

O fornecedor é a sua confiança, é  ele quem  lhe dará a garantia de que seu produto é de alta qualidade e tem todos os efeitos terapêuticos que você busca no produto.  Outro parâmetro importante, o verdadeiro óleo de Lavanda não custa barato, assim como todos os outros óleos essenciais, também não custam barato. Cada um tem sua forma única de produção e extração, eles têm identidade singular. Portanto, cada um tem seu preço, seu valor de comercio. 
Confira e se certifique antes de adquirir seu produto.


Fotos: net e  arquivo pessoal
Matéria - Vera O´Neill 

Um comentário:

Milena Tavares Sipahi disse...

Olá Vera Guedes, fiquei muito satisfeita com os esclarecimentos, pois dessa forma auxiliam no conhecimento e disseminação da informação correta. Muito grata e parabéns.